segunda-feira, 27 de março de 2017

Mais de 100 países iniciam negociações sobre proibição de armas nucleares


Resultado de imagem para armas nucleares

Em feito inédito, mais de 100 países iniciaram, nesta segunda-feira (27), negociações sobre um tratado que proíbe armas nucleares. 

Eles acreditam que, com isso, será possível reduzir o risco de uma guerra atômica, apesar da objeção das grandes potências. 

O lançamento destas negociações foi decidido em outubro do ano passado com o apoio de 123 países membros das Nações Unidas. 

Resultado de imagem para armas nuclearesNo entanto, de acordo com informações da AFP, a maioria das potências nucleares votou contra, a exemplo de Estados Unidos, França, Israel, Reino Unido e Rússia, ou se absteve, como China, Índia e Paquistão. 

Único país a sofrer um ataque nuclear, em 1945, o Japão também votou contra as negociações. 

Entre as nações que defendem a iniciativa estão Áustria, Irlanda, México, África do Sul, Suécia e Brasil. 

De acordo com a publicação, a previsão é de que a primeira fase dessas negociações seja concluída no dia 7 de julho.

Bahia Notícias/O País em Pauta